Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘nancy duarte’

Assisti esse filme de 1 minuto e meio da Escola da Arte e Design Panamericana e gostei muito.

Me lembrei de algumas coisas interessantes, ligadas a criatividade.

  • Você sabe desenhar? A Nancy Duarte me provou o contrário.
  • Você consegue ver o que ningém está vendo, mesmo sendo quase óbvio?
  • A criatividade, muitas vezes, é apenas olhar com outros olhos.
  • Uma criança pode ver muito mais do que nós. Meu filho me ensinou isso.

Para terminar, uma frase citada por Tim O’Reilly, em palestra para o NY Times.

“The future is here. It’s just not evenly distributed yet”, William Gibson.

Anúncios

Read Full Post »

slideology-nancy-duarte1

O primeiro dia da Web 2.0 Expo em San Francisco era de workshops de um período (manhã ou tarde). O primeiro que participei foi o de Nancy Duarte, sobre como preparar apresentações.

Ela tem uma empresa especializada nisso, que funciona como se fosse uma agência. A diferença é que ela não faz anúncios, mas PPTs. Um dos seus trabalhos mais famosos é a apresentação do Al Gore, com o tema do filme e livro “Uma verdade inconveniente”.

foto-nancy-duarte

Quais foram as principais lições que levei para casa desse workshop:

Há 3 tipos de PPTs: documentos, teleprompters e apresentações. Os dois primeiros são feitos para quem apresenta. O terceiro para a audiência. Adivinhe qual funciona melhor?

Cada slide só pode ter uma ideia, não há problema em colocar mais slides.

De destaque ao que precisa de destaque, o restante, diminua o contraste, mostre menos. Ela mostrou ótimos exemplos de como mudar a formatação de um gráfico pode te ajudar muito a explicar um detalhe importante.

Não use gráficos em 3D. Eles só servem para atrapalhar seu cliente ver o que interessa. A não ser que você deseje esconder os dados, e não explicar direito.

Procure usar imagens. Dá um pouco de trabalho. Simples. Funciona. Se você não quer trabalho, cancele a apresentação. Mande um texto em Word, por email. Mais prático, menos chato e mais produtivo.

Re-aprenda a desenhar. Você ainda sabe, o problema é que te conveceram do contrário. Ela fez um exercício no início do curso, e meu desenho me surpreendeu (nada demais, mas ficou melhor do que eu esperava). Rabisque sua apresentação, suas ideias. Eu tenho usado papel para fazer um brainstorm sobre a palestra, geralmente em formato mapa-mental rascunho. Tem funcionado muito bem.

Uma das coisas legais do workshop foi entregar um bloquinho de post-it para cada participante. Daí você tinha que preparar um rascunho de uma apresentação sendo cada post-it um slide. A quantidade de texto legível em um post-it é a mesma de um slide. :-)

Entenda a forma e a função dos mais diversos diagramas disponíveis no PowerPoint. Cada um deles vai te ajudar a mostrar uma coisa, de um jeito. Escolher bem é meio caminho andado.

Saiba que as pessoas lêem mais rápido do que você fala. Se você lê em voz alta um texto no slide, a platéia vai ler na sua frente. E achar que você é lento. Essa explicação foi a mais simples, curta e convincente que já vi para mudar a cabeça de qualquer um a não colocar textos demais. Se você o fizer, vai parecer lerdo.

Entenda quem é sua audiência:

  • quem são eles?
  • porque estão aqui?
  • o que lhes tira o sono?
  • qual problema você pode resolver?
  • o que você deseja que eles façam?
  • o que pode faze-los resistir?
  • qual a melhor forma de convence-los?

Se você faz um exercício rápido, respondendo a essas perguntas acima, sua palestra vai ficar muito melhor. Eu já fiz isso, em duas palestras que apresentei depois desse workshop e foi incrível como me clareou a cabeça do que deveria colocar, do que tirar, como dar destaque, etc. Ficou muito melhor.

Livro

O livro é ainda mais completo. Tem um capítulo sobre cores, sobre como pensar como um designer. Coisas simples, que me ajudaram muito a entender melhor como preparar um ótimo PPT.

Na introdução, tem uma brincadeira dizendo que apresentações são histórias. E mostra como histórias são chatas por alguém que tenta colocar tudo no PPT e se esquece da história. O exemplo era um PPT da história de Chapeuzinho Vermelho.

Manifesto

Esse é um curto manifesto que finaliza o livro de Nancy Duarte.

  1. Trate sua platéia como rei
  2. Apresente para espalhar ideias e fazer as pessoas agirem
  3. Ajude a platéia a enxergar o mesmo que você está vendo
  4. Pratique design, não decoração
  5. Busque harmonia entre: você, seus slides e sua platéia

Como uma palestrante especial (como Seth Godin), ela não disponibiliza os slides da sua palestra, nem em PPT, nem em PDF. A sugestão dela foi: comprem meu livro. Foi o que eu fiz. :-)

@nancyduarte é o Twitter dela. Veja fotos no Flickr.

Read Full Post »