Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘correr’ Category

Assista ao vídeo abaixo, clicando na imagem, da minha chegada na meia-maratona de SP, que aconteceu domingo passado. Veja como estou quase rastejando. Foram 2horas e 19 minutos.

 

clique para ver o vídeo

clique para ver o vídeo

Nesse final de semana escrevo um post comentando a corrida. Quem estiver mais curioso, veja a performance do meu irmão, Joaquim, que fez em 2h 13m.

Anúncios

Read Full Post »

meia_maratona_sp_2009

Amanhã bem cedo, largando as 8:00hs, vou correr minha primeira meia-maratona, em São Paulo. Estou muito animado, será a prova mais longa que já participei e uma realização parcial da minha meta de corrida esse ano.

Meus planos são correr uma meia até junho e uma maratona até o final do ano. Depois da corrida, vou postar aqui minha opinião, meu resultado, fotos e percepções desse desafio.

Veja o percurso.

percurso_meiasp_21km

Aproveite e leia alguns outros posts sobre corrida, que já escrevi.

Correndo na chuva

6 lições de Lance Armstrong

Eu e meu irmão na corrida São Silvestre 2008

Minha performance na corrida São Silvestre 2008, 31-12-2008

O que é correr a São Silvestre

Fotos da corrida da Nike 10km, 31 de agosto (Human Race)

Corrida da Nike 10 Km, 31-agosto-2008

Correndo

Read Full Post »

Uma montagem, pequena lembrança da corrida São Silvestre 2008.

sao_silvestre_2008

Se você se interessou, sugiro: Minha performance na corrida São Silvestre 2008, 31-12-2008 e O que é correr a São Silvestre.

Feito no Picnik, site que conheci há pouco.

Read Full Post »

saosilvestre07

percurso2

Publico aqui um resumo da minha performance na São Silvestre 2008, corrida de rua em São Paulo.

Corri com meu irmão Joaquim, meu melhor companheiro de corrida (que foi com playlist, Nike+ e tudo no Ipod).

  • minha segunda corrida, primeira vez inscrito
  • tempo estimado de 1 hora, 36 minutos (pelo Polar), 9 minutos mais rápido que na corrida anterior
  • corri a prova inteira (sem andar em nenhum momento, como fiz ano passado em alguns trechos, quando o Polar apitava)
  • piores momentos – Km 12 e 13
  • bebi água em todos os pontos de hidratação
  • tomei dois gels energéticos, fornecidos pelo meu irmão Joaquim, que correu comigo
  • sem ressaca fenomenal no dia seguinte (ao contrário da vez anterior, que foi terrível, depois de algumas poucas taças de vinho)
  • 1 gatorade antes da prova e 4 depois
  • almoço com lasanha, jantar apenas com petiscos (não era o aconselhado, mas…)
  • ida para cama 00:15h de 01-01-2009 (quase não vi a contagem regressiva rs…)
  • vontade de fazer em 01h e 15min na próxima vez
  • vontade de correr mais provas em 2009 (foram 2 em 2008)

Aproveito para publicar algumas fotos que tirei com o IPhone.

Momentos antes da corrida

081231_sao_silvestre_2008-015

Joaquim antes da corrida

Joaquim

Algumas figuras da São Silvestre

081231_sao_silvestre_2008-023

081231_sao_silvestre_2008-031

081231_sao_silvestre_2008-007

Obrigado Joca, pela companhia. Em 2009, estamos aí!

Publiquei também um resumo do que eu acho que é correr a São Silvestre.

Update: Joaquim, meu irmão, acabou de publicar um post super completo sobre a prova.

Read Full Post »

3156542058_2ea03b15ea

Dia 31-12-2008, corri pela segunda vez a São Silvestre, a mais tradicional corrida de rua do Brasil, em sua 84 edição. Durante a prova fiquei pensando no que representa, no que você vê, no que passa pela sua cabeça. Resolvi colocar aqui alguns tópicos.

Correr a São Silvestre é:

  • aumentar sua resiliência, em todos os aspectos de sua vida
  • descobrir que cada corrida de treinamento se paga, e que cada corrida não treinada se cobra
  • lembrar que o brasileiro continua animado, alegre, festivo
  • perceber que o clima de fim de ano é realmente muito bom
  • ter a certeza de que é possível fazer piada de quase tudo
  • saber que chegar na frente às vezes pouco importa
  • descobrir que correr provas legais é um ótimo estímulo a praticar mais esportes
  • não poder culpar ninguém pelo seu tempo e saber que sua performance é só sua, de mais ninguém
  • descobrir que você pode adorar que alguém te jogue água quando está passando na rua
  • se divertir com os fantasiados
  • dar risada com as piadas na rua (já ouvi: “corre aí, que eu bebo aqui”)
  • terminar bem o ano que passou
  • começar bem o novo ano
  • ficar exausto, e ao mesmo tempo, satisfeito e feliz
  • não querer beber na noite reveillón (aprendi isso, da maneira mais cara, na vez passada)
  • refletir sobre a vida, olhar para trás, pensar para frente
  • acreditar no ser humano
  • sentir que as coisas boas da vida não são caras
  • ser motivado por pessoas que não conhece, que ficam nas ruas gritando “vamos lá”
  • brincar com as crianças, que pedem para você bater em suas mãos, enquanto passa correndo
  • lembrar como São Paulo é uma cidade bonita, pena que tem carros demais
  • ver 20.000 pessoas de todas as idades, preparos, pesos e histórias com um mesmo objetivo – superação
  • ter a certeza que correr é bom para o corpo, mas muito melhor para a cabeça
  • viver

saosilvestre09

As fotos que ilustram esse post são de Maurício Maia e do site oficial da prova.

Read Full Post »

Seguem algumas fotos da corrida da Nike, no domingo passado, 31 de agosto, em São Paulo. A corrida começou e terminou na USP, passando pela Praça Panamericana e Parque Villa Lobos. Foram 10 Km e fiz em 56 minutos, abaixo da minha meta de ficar abaixo de uma hora.

Meu tempo na corrida da Nike em 31-08

Meu tempo na corrida da Nike em 31-08

Clique e veja mais fotos

Clique e veja mais fotos da corrida da Nike, com Miguel e Joaquim

Meu irmão veio de Macaé, RJ só para a corrida, e fez em 57 minutos.

Read Full Post »

Meu relógio Polar

Comprei no ano passado um relógio Polar, dos mais simples, pois estava querendo começar a correr mais sério. Tenho usado diariamente, não só para correr. Uso no dia-a-dia também.

Algumas coisas legais aconteceram comigo desde que comecei a usar. É mais fácil encontrar e conhecer pessoas que gostam de correr. Se estiver usando um Polar, é só perguntar. Geralmente a resposta é positiva e você já tem um assunto para bater papo.

Fiquei com vontade de começar a usar quando li o livro do Nuno Cobra, Semente da Vitória. O livro é ótimo e ele recomenda você começar um plano de exercícios treinando o coração. Desde então, uso o polar para acompanhar meu desempenho.

Gosto de medir qual a máxima frequência cardiáca chego na minha corrida quase diária, quanto tempo demoro a voltar a uma frequência “normal”, qual a frequência média, etc. Também uso para medir o tempo corrido – geralmente 10 minutos andando, 35 correndo, e 10 andando para finalizar.

Na corrida São Silvestre do ano passado, meu ritmo foi limitado pelo relógio. Toda vez que ele apitava (acima de 190), eu andava. Semana passada, por exemplo, estava há quase um mês sem correr, estressado e cansado. Quando voltei a correr fiquei assustado como a frequência subia rápido (e demorava mais para baixar).

Além desses usos básicos, fiz um teste, que alguns amigos acharam engraçado. Tinha lido que o vício em checar emails tinha um fundo fisiológico. Quando você checa e responde emails, tem uma descarga de endorfina, te fazendo se sentir bem. Para testar isso em mim mesmo, fui com a “cinta” para o escritório e fiquei olhando como meus batimentos variavam quando respondia os emails. Foi incrível e engraçado: meus batimentos baixavam quando estava respondendo emails, em especial quando apertava o botâo “enviar e receber” e quando clicava em “enviar mensagem”.

Viciado em email?

Viciado em email?

Sobre emails, uma ótima dica, com testes, é o material E-mala, do Christian Barbosa. Outra sugestão é o post Como produzir muito: emails, do Eduardo Carvalho.

Read Full Post »

« Newer Posts - Older Posts »