Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘compras’ Category

kindle2-1

A Amazon lançou hoje nos EUA a versão 2 do Kindle, o leitor de e-books mais famoso do mundo. O produto parece ser bem melhor do que o primeiro.

As principais mudanças (são melhorias incrementais, nada revolucionário):

  • muito mais fino
  • mais leve
  • mais nítido
  • bateria dura mais
  • usa tecnologia 3G (download mais rápidos)
  • tem mais memória
  • botões “próxima página” e similares muito menores, o que melhora muito o manuseio do aparelho (essa para mim é a melhor mudança no design)
  • parece haver uma funcionalidade onde o aparelho “lê” o livro para você (se for uma voz de máquina falante, é difícil aturar rs…)

O que realmente faltou:

  • o grande salto do Kindle será quando ele permitir que você interaja com outros leitores e quem sabe até com os autores do livro. A coisa mais legal de um livro, depois de lê-lo, é conversar sobre ele com amigos. Se o Kindle facilitasse isso, seria uma coisa incrível, um segundo salto na revolução que a Amazon está fazendo no hábito milenar de ler.

Aproveite e veja as fotos.

kindle2

scaledimg_7208

O que outras empresas estão fazendo

Outras empresas estão procurando reagir, além do óbvio e irrelevante rival da Sony. O Google está lançando um versão do Google Books para celulares e editora Penguim uma versão online (Penguim 2.0) onde os leitores podem interagir sobre os livros que lêem.

Imagino que esse novo Kindle vai aumentar muito a vontade de quem não tem, de ter um. Até porque agora há um jeito simples de comprar os livros do Brasil. Mas acho que muito pouca gente vai trocar o primeiro pelo segundo (como eu).

Hoje recebi um email da Amazon me oferecendo o novo Kindle, como um privilégio por eu já ter um. Achei que forçaram um pouco a barra. Outro exagero foi a carta na home da Amazon. Quando lançaram o primeiro, a carta era incrível, contava uma história. Essa de hoje não passa de uma lista de atributos.

Read Full Post »

É incrível o poder que a internet dá ao consumidor hoje em dia. Pesquisando para comprar um notebook aqui no Rio de Janeiro descobri algumas coias curiosas.

A mesma loja faz anúncios de produtos muito similares e com preços totalmente diferentes. Para um anúncio de uma página no suplemento de informática do jornal O Globo, um notebook por R$ 1.499,00. No site boadica, indicado pelo meu irmão, a mesma loja anuncia outro, um pouco melhor, por R$ 1.395,00.

Ao chegar na loja, a moça explica, tentando disfarçar o porque dessa diferença. Não consegue esconder a verdade. Quem vê no jornal, tem menos informção, e está mais disposto a pagar mais. Simplesmente (porque não sabe os preços mínimos dos produtos.

Quem vai no BoaDica, é o informado, o antenado, já pesquisou e comparou os melhores preços. Não há como vender mais caro para quem está no site de comparação de preços. Ou você tem preço baixo, ou não tem nada. Interessante que no RJ não anúncios no Buscapé, que uso bastante em SP.

Ainda nas compras, a vendedora da tal loja com preços diferentes no jornal e no site conseguiu perder a venda. Não passou segurança, conhecimento. Fiquei na dúvida, e preferir pagar um extra de mais de R$ 100,00 para o frete da Dell.

 

A Dell tem como diferencial o atendimento ao cliente, no pós-venda. Poderia melhorar, no entanto, seus contatos via site (em algumas partes com traduções toscas para o português), suas pesquisas de satisfação enviadas por email. E também o seu sistema de sites afiliados. Fazer um cookie valer apenas um dia me parece uma armadilha, do tipo prometo muito, entrego pouco.

Read Full Post »